segunda-feira, 30 de março de 2009

Filmes e pipocas!

Todas as manhãs ele lê para ela, de um caderno desbotado pelo tempo, uma história de amor que ela não recorda nem compreende. Um ritual que se repete diariamente no lar de idosos onde ambos vivem agora. Pouco a pouco, ela deixa-se envolver pela magia da presença dele, do que ele lhe lê, pela ternura dele… E o milagre acontece. A paixão renasce, transpõe o abismo do tempo, o abismo da memória, e por instantes ela volta para ele… apesar da doença. Mas haverá mais. Todos os dias, ele lê-lhe a história de um simples rapaz sulista e de uma rapariga destinada a brilhar na high society. A primeira paixão, clara como uma manhã orvalhada de maravilha e descoberta. Afastados depois pela impiedosa exigência do abismo que os separa. Catorze anos mais tarde, ele é um sobrevivente da guerra e ela está a poucos dias de tornar-se a mulher de um outro homem. Mas volta por uma necessidade impiedosa de o rever. O reencontro traz de novo toda a magia. Terá o amor poder suficiente, desta vez? Baseado no romance best-seller de Nicholas Sparks, «O Diário da Nossa Paixão» é uma história sobre oportunidades perdidas, amadurecimento e a força de um amor eterno!



Vi o filme esta tarde (na companhia das pipocas que fiz) e adorei, amei, chorei e é daqueles filmes que posso rever que não me canso!!!
Já saiu há algum tempo ( 5 anos se não me engano!) só agora o vi!!
Mas vale mais tarde do que nunca!
^^fifi^^

3 comentários:

Maria José disse...

Adorooooooooooo este filme é um dos meus filmes preferidos
bjokas

Um pedaço de azul... um BloGui diferente disse...

Ora aqui está um filme que era capaz de ver todos os dias. Partilho contigo o gosto... do filme e do pão... e se queres uma sugestão priminha, compra uma máquina para fazer iogurtes, aquela que viste no Blogui é FANTÁSTICA... agora passo a vida a comer só do meu pão e só dos meus iogurtes... e o gozo de os fazer e inventar receitas é um espectáculo! Acredita. beijos a ti e aos mendes... e à A e à E...lol
beijos

pepita chocolate disse...

Assim que comecei a ler o teu post, descobri logo qual o livro/filme!
Para mim é um dos livros mais bonitos. Talvez porque a velhice vivida em conjunto me comova. Li primeiro o livro e chorei. Já vi várias vezes o filme e choro em cada uma das vezes!
è magnífico!

Beijoca e boa semana!

Frase do Dia

Talvez Deus queira que tu ao longo da vida conheças muitas pessoas falsas, para que quando encontres as verdadeiras, as saibas estimar e dar graças por elas

Partilhando sorrisos