quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Fumo


Longe de ti são ermos os caminhos,

Longe de ti não há luar nem rosas,

Longe de ti há noites silenciosas,

Há dias sem calor, beirais sem ninhos!


Meus olhos são dois velhos pobrezinhos

Perdidos pelas noites invernosas...

Abertos, sonham mãos cariciosas,

Tuas mãos doces, plenas de carinhos!


Os dias são Outonos: choram... choram...

Há crisântemos roxos que descoram...

Há murmúrios dolentes de segredos...


Invoco o nosso sonho! Estendo os braços!

E ele é, ó meu Amor, pelos espaços,

Fumo leve que foge entre os meus dedos!...
Beijinhos**fiquem bem·*••*·fifi·*••*·

4 comentários:

Juky disse...

Muito bonito! :) Dá gosto vir aqui! :)

****

Cátia disse...

Muito lindooooooooooo!!!!!!!!

Rak disse...

Que lindo ^.^ desculpa miguinha não tenho ca vindo muito mas esta tudo bem.. eu vi o prémio que me deixaste queria *hugs* mas só ainda não o levei para o meu cantinho ^.^ beijocas gigantes adoro te!

Um pedaço de azul... um BloGui diferente disse...

Adoro os teus poemas, o teu carino pelo meu primoco!
bjs

Frase do Dia

Talvez Deus queira que tu ao longo da vida conheças muitas pessoas falsas, para que quando encontres as verdadeiras, as saibas estimar e dar graças por elas

Partilhando sorrisos